Total de visualizações de página

terça-feira, 5 de junho de 2012

É isto eu devo ao GRUPO PROFESSORES SOLIDÁRIOS!!!

PROJETO CORRESPONDÊNCIA

Professoras responsáveis: Vitória Petrillo Elias Marugeiro, Sandra Nonato Jubeleo, Grupo Professores Solidários Turma envolvida: 5º ano - 501 Tempo do projeto : fevereiro a dezembro/2012 Contagem 2012 1. JUSTIFICATIVA Muitos alunos chegam às unidades escolares sem saber não só como se escreve, mas também por quê e para quê se escreve, embora vivamos todos em uma sociedade letrada .Os alunos não tem em igualdade as mesmas oportunidades de usar e interagir com e por meio da escrita no nosso cotidiano e , consequentemente, variando muito o que cada um pode aprender sobre a escrita fora da escola. Através deste projeto a escola terá importante papel ao possibilitar ao aluno identificar e reconhecer a aquisição de conhecimentos relativos à diversidade cultural de outros alunos por intermédio dos diversos suportes da escrita e dos instrumentos utilizados para registro escrito. Este projeto também possibilitará um intercâmbio sociocultural entre alunos e educadores das escolas ampliando a comunicação, bem como contribuindo com a troca de experiência no processo de ensino e aprendizagem dos sujeitos envolvidos. 2. PÚBLICO ALVO Alunos do 5º ano do Ensino Fundamental I da Escola Estadual Nova Contagem I (Contagem, MG) e alunos e Professores do Grupo Professores Solidários. 3. TEMPO: Fevereiro a Dezembro 2012 4. OBJETIVOS 4.1 Objetivos gerais: Desenvolver o lado social dos alunos utilizando a correspondência como meio de expressar suas experiências valorizando assim seus conhecimentos, e que os mesmos despertem para o ato de ler e escrever de forma significativa. Trabalhar com os alunos o valor da amizade, a troca de amizade, conhecimentos, divisão de espaço, conhecimento do desconhecido. Vivenciar a função social da escrita conhecendo vários tipos e formas de comunicação (foto, carta, cartões, painéis, convites etc.). 4.2 Objetivos específicos: - Valorizar um dos recursos de comunicação; - Identificar a utilização deste meio de comunicação nos dias de hoje; - Desenvolver a escrita e a ortografia; - Provocar a socialização entre as turmas; - Propiciar a aproximação de alunos e professores das escolas por intermédio da leitura e da produção dos gêneros literários ,utilizando como portadores ,as cartas 5. PROCEDIMENTOS - Teoria sobre o assunto Carta: o que é, para que serve; - Interpretação de textos do gênero carta; - Produção de cartas, - Preenchimento de envelopes; - Palestra com funcionários dos Correios - Atividades variadas que levem a compreensão do assunto 6. RECURSOS Televisão Vídeo Aparelho de Som Filmes Cartaz Dicionário Textos Imagem 7. DESENVOLVIMENTO 1 - Leitura do Livro “Felpo Filva” de Eva Furnari (). 2 - Trabalhar o gênero textual carta 3 - Carta coletiva dos alunos da Escola Estadual Nova Contagem I com alunos e professores do Grupo Professores Solidários. 4 - Dados de preenchimento de envelope. 5 - Escrita de carta coletiva com aspectos relevantes da turma, avaliação do projeto até o momento, o que já aprenderam com os novos amigos. 6 - Escrita de carta coletiva apresentação da turma, como é a turma, contar da cidade onde mora, do estado, bairro. 7 - Troca de experiência de que modo as crianças tem utilizado a escrita em suas vidas. Como recebem e passam informações que precisam, como costumam ser a maior parte da comunicação com as pessoas que conhecem. 8 - Escrita individual. 9 - Troca de sugestões sobre filmes assistidos, passeios leitura de livros, projetos trabalhados em sala ,etc. 10 - Todas as cartas são endereçadas para o meu endereço. 11 - Filmes, Cartas para Deus, Carta para Julieta, Narradores de Javé. 8. PRODUTO FINAL * Confecção de um “ Livro das Correspondências” * Exposição sobre os Estados e Capitais participantes 9. REFERÊNCIAS FURNARI, Eva. Felipe Filva. Editora Moderna, Infanto Juvenis. 2006. 56 p.