Total de visualizações de página

domingo, 10 de junho de 2012

"Um excelente educador não é um ser humano perfeito, Mas alguém que tem serenidade para se esvaziar e sensibilidade para aprende (AUGUSTO CURY)

FOTOS DE PAPAGAIO

As fotos são minhas!!

Tipos de papagaio

Outras designações No Brasil cafifa, papagaio, quadrado, piposa, pandorga (no Rio Grande do Sul e Santa Catarina), arraia ou pepeta (em estados como Acre e Amazonas). E em Portugal, papagaio de papel, no arquipélago da Madeira como joeira. Pipa x arraia; Muito populares nos subúrbios da cidade do Rio de Janeiro, são chamadas de pipas propriamente ditas aquelas em formato de pentágono, com cabresto triangular e rabiola. Já as arraias não possuem rabiola, e são mais comuns em Niterói. Tipos de pipas • Suru - pipa que não tem rabiola e também em sua fabricação só utiliza duas taletas (varetas) em forma de cruz e é totalmente encapada. • Raia - não utiliza rabiola e tem formato de losango. • Peixinho - semelhante a raia, mas em sua maioria leva rabiola. • Morcego - pipa sem rabiola, em formato retangular e não é totalmente encapada. • Pião - pipa grande que precisa de muita rabiola para subir é considerado pião, quando a vareta central da pipa geralmente ultrapassa a medida de 60 cm. • Telequinho (ou Jerequinho no RJ) - pipa pequena que precisa de pouca rabiola para subir. • Telecão (ou Jereco no RJ) - pipa um pouco maior que o telequinho. • Maranhão - pipa com rabiola e muita mobilidade. • Carrapeta - feita com três varetas em tamanhos diferentes, uma central (de maior tamanho) e duas transversais, formando uma espécie de cruz, com espaço entre si, sendo que a inferior é em tamanho mais curto. • Baratinha ou Charutinha - espécie de pipa com rabiola, possui formato retangular, tem muita agilidade. Surgiu no RJ, na evolução dos modelos de pipas de SP. • Pipas de Biquinho - modelo muito conhecido dos cariocas, com rabiolas imensas, tem capacidade de chegar muito longe. • Pipa "Batata" - semelhante a carrapeta, sendo que as varetas transversais não do mesmo tamanho. • Pipa Modelo - conhecidas pelos seus formatos variados, destacadas não só pelo seu tamanho, que pode ser muito grande, mais também pela beleza. Muito vistas em "Festivais". Texto tirado da net Desconheço o autor

HISTÓRIA DA PIPA

O papagaio de papel não é de origem brasileira nem européia. É uma tradição milenar, atribuída aos chineses. Conta-se que Han-sin (século III, AC), hábil general, empregou-os para que soubesse exatamente onde se encontravam as suas tropas, e mesmo para enviar mensagens. Já naquele tempo os papagaios de papel, passando ao popular, mantinham também espírito desportivo e os garotos da China sabiam manejá-los de modo a "por meio de hábeis movimentos do cordel, fazer passar o papagaio por cima de um outro". A enciclopédia chinesa Khe-tch i-king-youan, que informa a respeito da velhice do papagaio de papel, não diz se já usavam cerol e elementos outros de destruição dos papagaios adversários, mas observa que os chineses, fiéis a uma tradição antiga, gostavam de fazer subir ao ar dragões e serpentes, gênios e animais fantásticos, com que se deliciavam. Um outro ponto importante é que o divertimento não era exclusivo dos rapazes. Velhos de barbas brancas, nobres, filósofos, generais, o povo enfim, mandava para o ar seus papagaios de papel, fazendo com que o céu se povoasse de toda sorte de figuras imaginárias, inclusive à noite, possuídos de lanternas. Houve um tempo em Manaus que se fazia também assim, colocando-se pequenas lanternas na cauda dos papagaios, à noite, para intrigar as pessoas. O divertimento hoje em dia está mais modificado, já não se usa regularmente cauda de pano, mas de papel (jornal), omitiram as roncadeiras, as arraias e morcegos desapareceram quase. Mas o papagaio continua subindo, apesar da perseguição da polícia, etc. Como se essa gente não tivesse também empinado o seu papagaio chambeta ou alinhado, E foi com o papagaio de papel que Benjamin Franklin descobriu o pára-raios. ORIGEM DA PIPA Cerca de 1000 anos antes de Cristo, a pipa era utilizada como forma de sinalização, masao chegar ao Brasil, trazida pelos portugueses, a pipa se tornou somente uma forma dediversão. Esta voa através da força dos ventos e é controlada por uma corda que permiteao condutor deixá-la cada vez mais alta ou mais baixa.Também conhecida como papagaio, é geralmente uma brincadeira para meninos, e são feitas de papel de seda colorido e varetas de madeira.Em dia de vento as pipas são soltas pelos meninos, através do fio que as prende a um carretel o menino pode manusea-lanos céus. Entretanto é bom lembrar que as pipas não devem ser soltas perto da rede elétrica já que a mesma pode encostar num fio do poste e causar um choque violento. O bom é soltar a pipa na praia, ou no campo. Texto tirado da net

VOAR PIPA!!!

OFICINA A TODO VAPOR ..VOAR PIPAS